Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rituais de Beleza

por Rita Alves

Rituais de Beleza

por Rita Alves

Dom | 05.01.20

Introspeção de Ano Novo

meditando.jpg

 

A Mudança de Ano traz Esperança ou (Des)Ilusão?

Quantas vezes nos propomos a fazer/ mudar/ alcançar coisas que dentro de semanas acabam esquecidas? Até começamos com motivação, mas depois não temos paciência para esperar pelos resultados, ou não temos coragem de avançar, ou duvidamos das nossas capacidades... E no fim tudo volta mais ao menos ao mesmo, só que por dentro sentimo-nos pior, sentimo-nos derrotados! Sentimo-nos enganados! As mudanças na nossa vida não deviam ser tão fáceis como mudar de ano?!

Sou a primeira a confessar que, conforme o meu estado de sensibilidade nesta época do ano, acabo por cair neste erro. Como não? O Espírito Natalício que se antecede promete tanto! Amor, paz, tolerância, compaixão, alegria de viver...

E dentro desse espírito, em vez de escolher um desafio exequível, sonho que o Novo Ano traga um mundo melhor, em que todos sejam felizes, livres e vivam em paz. Eu sei que parece um cliché e que muitos dirão "oh, claro que também gostava disso...", mas já pensaram? Se assim fosse não haveriam guerras! Se cada individuo fosse verdadeiramente feliz nunca iria precisar de magoar ninguém, de ser melhor que o outro, de ter sempre razão... Não seria maravilhoso?

 

Nestes útlimos tempos, não sei se também vos aconteceu, tenho sentido necessidade de parar e olhar para dentro, fazer uma introspeção (várias, até). Às vezes andamos tristes ou tensos e não percebemos porquê mas também não ligamos, esperamos que passe. Contudo deveriamos fazer o oposto. Se o nosso corpo dá sinal que algo se passa cá dentro temos mesmo de lhe dar atenção para continuarmos o nosso caminho.

 

Partilho convosco algumas mensagens que surgiram destas "introspeções de ano novo" e, se sentem que precisam de alguma mudança na vossa vida, desafio-vos a fazer o mesmo: oiçam o vosso interior, perguntem-se "Porque é que me sinto assim? Estou a viver de acordo com os meus valores? O que é que preciso de mudar para viver de acordo com os meus valores e sentir-me feliz?".

 

Expectativas vs. Realidade:

Quando as expectativas são demasiado altas é muito provável que tenhamos uma grande desilusão.
Mudança nº1: não criar expectativas irrealistas.

 

O Ego:

A sociedade em que vivemos hoje em dia é extremamente estimulante para o ego. Tudo gira em volta do eu, principalmente nas redes sociais. O ego controla os nossos medos e reações. Acabamos por reagir (para nos defendermos dos nossos medos) em vez de agir (de acordo com os nossos valores). E para agravar não há só uma app onde tudo acontece, há uma infinidade delas e temos de estar constantemente online, saber tudo o que se passa, ver as notificações assim que surgem e responder de imediato... Tipo: não. Não temos! Sentir essa exigência exterior mexe muito com o meu equilíbrio mental e emocional por isso escolho estar maioritariamente offline para estar presente na vida real.

Mudança nº 2: eliminar as contas das redes sociais e apps que me trazem mais prejuízo que benefício.

 

Comparação e Crítica:

Como seres humanos que somos temos tendência a compararmos constantemente a nossa situação com a dos outros. Com a comparação vem também a crítica e a auto-crítica. E mais uma vez as redes sociais estimulam ambos. É uma tortura mental à qual nos subjugamos quase inconscientemente.

Mudança nº 3: estar atenta e parar de julgar, criticar, reclamar e comparar, assim que me apanhar a fazê-lo... Já estão a sentir a liberdade que isso é? :D

 

A Fé e Os Sonhos:

Depois de me livrar das expectativas aceitei que o meu sonho de Ano Novo é aquilo que é: um sonho. E sonhar é bom, ter fé é bom (mas sem expectativas, tenho de ter atenção a isso xD). É o que nos move. Isso e o amor :) A lembrar: manter os pés no chão enquanto sonhamos porque a realidade passa-se cá em baixo. É através das nossas ações que concretizamos os nossos sonhos.

Mudança nº4: usar os sonhos como uma fonte de inspiração e uma ferramenta para a realidade em vez de querer que se transformem em realidade.

 

Os Valores:

"Hoje em dia já ninguém tem valores", ouvimos dizer. Mas não é que não os tenhamos, simplesmente ficamos confusos com tanta informação que nos chega pelos media e pelas redes sociais. Temos de ser eco-responsáveis mas também temos de ir à Primark comprar moda descartável porque está em saldos... Há aqui um contrassenso. Claro que como tudo na vida, no meio é que está a virtude. Não quero viver no extremismo mas a maioria das minhas escolhas podem ser feitas de acordo com os meus valores.

Mudança nº 5: fazer compras conscientes, porque tudo o que compramos tem impacto directo no ambiente e na evolução da sociedade (ex. condições de trabalho e direitos humanos), desde a alimentação à roupa e às tecnologias.

 

A Mudança:

Costuma-se dizer "Sê a mudança que queres ver no mundo". Extacto. Não consigo mudar o mundo, só a mim e talvez tocar os que estão próximos de mim. Não consigo fazer com que todo o mundo seja feliz, paciente e respeite o outro e a natureza, mas posso criar essa realidade para mim. E para isso é preciso colocar em prática algumas mudanças na minha vida, como as que referi acima.

 

Desejo-vos um Feliz 2020, do fundo do coração!