Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rituais de Beleza

por Rita Alves

Rituais de Beleza

por Rita Alves

Ter | 16.01.18

Toda a Verdade Sobre a Acne (Acne I)

A Acne (sim, diz-se a Acne e não o Acne) é uma doença cutânea inflamatória, caracterizada pela inflamação do folículo pilosebáceo (poro onde sai o pelo e o sebo). Demora muito tempo a ser tratada e normalmente afeta a auto-estima, como já se devem ter apercebido. Muitos tratamentos falham por não haver um acompanhamento adequado nem uma reavaliação frequente da resposta que a pele está a ter aos tratamentos, e isto é importante para que se possa ir adaptando os produtos e medicamentos à evolução da patologia!

Sabe mais sobre o Acompanhamento Dermocosmético aqui.

 

Há lesões acneicas que surgem como consequência do uso de cortisona, iodo ou cosméticos oclusivos (demasiado oleosos), e há ainda outras doenças de pele que podem ser confundidas com Acne e não são! Por isso consulta sempre um profissional de saúde especializado antes de começares a fazer qualquer tratamento por auto-recriação.

 

Os bons resultados de um tratamento de Acne, embora demorados, serão superiores se houver uma boa sinergia entre:

  • o vosso comportamento
  • o acompanhamento e reavaliação profissional

Para o primeiro ponto precisam de estar bem informados sobre esta doença, e é esse o objetivo deste post :)

 

Glândula Sebácea

Imagem ilustrativa de um corte de pele que representa o folículo pilosebáceo.

 

Porque é que temos gordura na pele?

(A imagem acima ajuda a perceber)

A gordura, ou sebo, é produzida na glândula sebácea, que está associada aos folículos pilosebáceos. Ela não existe só para nos chatear! Na verdade a gordura produzida serve para lubrificar os pelos, tornando-os menos quebradiços e mais macios, e para proteger, nutrir e hidratar superfície cutânea, pois forma como que uma barreira que reduz a evaporação da água. (É por este motiivo que não devemos usar produtos que desidratem a pele para tratar a Acne: se removermos a água da pele juntamente com o sebo, a glândula entra em ação e produz ainda mais gordura como compensação! Assim nunca mais se vêm resultados, não é?)

O tamanho da glândula sebácea e a quantidade de gordura que ela produz são controlados hormonalmente, principalmente pelas hormonas androgénicas, como a testosterona. Ou seja, quanto maiores os níveis destas hormonas, maiores são as glândulas e mais sebo elas produzem. Por isso é que a Acne surge essencialmente na adolescência (desenvolvimento hormonal repentino) e nos rapazes (têm níveis superiores de testosterona). Contudo a quantidade de mulheres adultas com acne tardio tem vindo a aumentar e sim, poderá estar relacionado com alterações hormonais, sendo que muitas das borbulhas aparecem na altura da menstruação, mas neste caso acredito que os principais suspeitos do crime sejam o stress e a poluição: o stress estimula a contração do músculo eretor do pelo (responsável pela "pele de galinha"), que também expulsa o sebo, e o fumo do tabaco e a poluição "entopem" os poros e afetam negativamente as defesas da pele.

 

Características da Acne:

(Vou usar algumas palavras que podem parecer estranhas mas explico o que significam)

  • Hiperseborreia: a glândula sebácea é maior e produz sebo, ou gordura, em excesso.
  • Colonização Microbiana: as bactérias Proprionybacterium acnes existem naturalmente no folículo pilosebáceo e vão petiscando a gordura que lá está, por isso, como aumenta a quantidade de gordura ali acumulada, elas acabam por se desenvolver e provocar uma infeção.
  • Hiperqueratinização: há uma acumulação de células mortas no folículo como consequência da actividade das bactérias que acaba por obstruir o poro.
  • Inflamação: os tecidos à volta do folículo são afectados, incham, ficam vermelhos e dolorosos.
  • Borbulhas (pápulas, pústulas e nódulos): aumulação de pus associada aos fatores anteriores.
  • Pontos brancos (comedões fechados): resultado da acumulação do sebo por baixo da pele (tapado pelas tais células mortas).
  • Pontos negros (comedões abertos): quando o sebo chega à superfície e entra em contato com o ar, oxida e fica com uma coloração negra.
  • Poros visíveis e largos
  • Pele de aspeto brilhante

Acne

 Imagem ilustrativa das etapas do desenvolvimento da Acne.

 

Podem não estar presentes todas as caracterísitcas listadas acima, mas as 4 primeiras estão sempre, juntamente com borbulhas e/ou pontos negros/ brancos. Se houver borbulhas chama-se Acne Inflamatória, se houver pontos negros chama-se Acne Retencional, se ambos estiverem presentes designa-se Acne Mista. É possível que conheçam outros termos usados para classificar o Acne, e todos eles são válidos. Optei por esta por ser mais simples.

Classificação

Imagem representativa de três formas de Acne diferentes. 

 

A Acne pode também aparecer noutras zonas do corpo que não o rosto. As mais comuns são as costas e o peito.

 

A Acne é agravada por:

  • Passar as mãos no rosto / pousar o rosto nas mãos (muito frequente nos adolescentes a assistir às aulas... ;P)
  • Mexer nas lesões / rebentar as borbulhas
  • Cabelo que roça no rosto, principalmente se usarem algum creme ou óleo no cabelo
  • Stress
  • Poluição
  • Tabaco
  • Alterações hormonais
  • Exposição solar (dá a ideia que melhora durante a exposição, mas quando esta termina o acne está pior devido à hiperqueratinização induzida pelo sol)
  • Cremes oclusivos e untuosos
  • Limpezas vigorosas e com produtos irritantes
  • Alimentação calórica e processada (embora não esteja cientificamente comprovada a relação entre os alimentos e a Acne, sabe-se que um elevado aporte calórico, principalmente se for cumulativo, traduz-se num aumento dos níveis de gordura na pele e de cortisona, conhecida por "hormona do stress", no organismo)

 

Como prevenir o agravamento da Acne?

  • Limpar a pele com géis anti-seborreicos suaves que não desidratem a pele
  • Usar cosméticos hidratantes, matificantes, seboreguladores e oil-free
  • Usar sempre portetor solar oil-free 50+
  • Evitar tocar com as mãos no rosto
  • Afastar o cabelo do rosto
  • Evitar o tabaco, incluindo a sua inalação passiva
  • Evitar ambientes de maior poluição e sempre que possível dar umas "escapadinhas" para receber o ar puro da natureza
  • Arranjar estratégias anti-stress (exercício físico, meditação, yoga, massagem...)
  • Adotar uma alimentação saudável e equilibrada, rica em antioxidantes e fortalecedora do sistema imunitário, preferindo alimentos naturais e magros aos processados e ricos em gordura
  • Tomar suplementos que regulem os níveis hormonais (ou pílula, no caso de algumas mulheres)

 

Temas do próximo post sobre Acne: tratamentos e seus efeitos secundários, cosméticos aconselhados e exemplos clínicos. Não percas! :)

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.